Estados e Capitais do Brasil
 

Bandeira do Rio Grande do Sul


Bandeira do Rio Grande do Sul

bandeira do Rio Grande do Sul foi adotada como símbolo oficial do estado no ano de 1891 e sua autoria é incerta. Alguns estudos apontam como sendo do major Bernardo Pires, do Exército Republicano, porém outros historiadores afirmam ser de autoria do engenheiro militar José Mariano de Mattos. A bandeira tem origem nos desenhos dos rebeldes da Guerra dos Farrapos, que ocorreu no ano de 1835. A composição original não possuía o brasão de armas.

Por muito tempo, a bandeira não possuiu uma lei que a descrevesse ou regulamentasse seu uso. Em 1937, durante o regime político do Estado Novo, o presidente Getúlio Vargas ordenou que todos os símbolos estaduais fossem abolidos, incluindo bandeiras e brasões. Devido a esse acontecimento, a bandeira só foi reestabelecida novamente no ano de 1966, quando foi sancionada a lei que regulamentava seu uso e descrição.

bandeira do Rio Grande do Sul é formada por um retângulo dividido em três faixas diagonais nas cores verde, vermelho e amarelo. Na seção vermelha, coincidindo com o centro da bandeira, está disposto um círculo branco com o brasão do estado em seu interior.

SIMBOLISMO

Não há um consenso sobre o significado exato das cores da bandeira sul-rio-grandense. Muitas teorias envolvem aspectos políticos e históricos que entram em contradição em algum momento. Entretanto, a simbologia mais aceitável é a que considera as cores separadamente e atribui um significado a cada uma dela:

  • A cor verde representa as matas dos Pampas e a riqueza natural da região;
  • A cor vermelha simboliza os ideais revolucionários que marcaram a história do estado, assim como a coragem do povo;
  • A cor amarela representa as riquezas do território do Rio Grande do Sul.

Bandeira da Capital

Bandeira de Porto Alegre

Porto Alegre