Estados e Capitais do Brasil
 
Sergipe

Sergipe


1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (8 voto(s), média: 4,63 de 5)

O estado de Sergipe é a unidade federativa brasileira que possui a menor área territorial. Está localizado na Região Nordeste e é banhado pelo Oceano Atlântico. Sua capital é Aracaju. O nome do estado está diretamente relacionado com o rio Sergipe, que tem origem tupi e significa algo como “no rio dos siris”. Esse é o nome da região desde a época em que o estado era uma capitania. Por conta de seu território pequeno, Sergipe possui apenas 75 municípios, e uma população de cerca de 2,2 milhões de habitantes.

A região de Sergipe teve bastante influência dos franceses, que faziam trocas com os povos locais, normalmente o interesse dos colonos era produtos naturais como Algodão, pimenta e o pau-brasil. Entre os séculos XVI e XVII, os portugueses, principalmente pela ação missionária, conseguiram afastar os franceses da região e dominar os povos indígenas. A região era um polo de produção de açucar muito importante, e evoluiu ainda mais neste aspecto após a invasão holandesa. Sergipe era parte do território da Bahia, mas ganhou autonomia de uma província brasileira em 1824. E com a proclamação da republica, em 1892, Sergipe ganhou a autonomia de um estado.

Sergipe é um estado que tem uma baixa altitude, mais de 80% de seu território não passa dos 300 metros acima do nível do mar. Isso se dá por conta de sua proximidade com o litoral e pelo fato de não ter uma área muito grande. O clima também é definido pelos mesmos aspectos, e por conta da localização do estado entre os trópicos. O clima tropical e úmido é típico de estados litorâneos, porém seu interior possui um clima semi-árido e que passa grandes períodos sem chuvas.

O estado tem uma demografia de, em média 101 hab/km², e a maior parte de sua população se consideram pardos. Na economia, Sergipe se destaca bastante pela produção de cana-de-açúcar – cultivada na região desde o período colonial -, mandioca, coco e laranja. As indústrias e o setor de serviços também são responsáveis por grande parte do PIB de todo o estado.

A cultura de Sergipe tem muita referência de vários povos, desde os indígenas que estavam aqui antes da colonização, a portugueses, negros, franceses e holandeses. Boa parte da cultura, seja a dança e música típicas, e artesanatos tem uma relação bem intima com o folclore, que é um resultado de todas essas culturas misturadas. Sergipe também é o estado natal de um grande autor, Tobias Barreto, patrono de uma das cadeiras da Academia Brasileira de Letras. O turismo sergipano é baseado em suas belezas naturais e nas festas que acontecem em sua capital. As praias de Sergipe e seus rios convidativos para passeios de barco são alguns dos atrativos naturais que aguardam os turistas neste estado.