Estados e Capitais do Brasil
 

Belo Horizonte


1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (16 voto(s), média: 4,31 de 5)

Belo Horizonte é a cidade capital de Minas Gerais, possui como moldura natural a Serra do Curral que cerca a cidade. A cidade foi planejada e construída sobre o pensamento positivista, que dava base para o movimento republicano. A cidade também possui o quinto maior PIB dos municípios brasileiros e é referência histórica e cultural, além de ter sido indicada pela ONU como a metrópole da América latina com a melhor qualidade de vida. A cidade também é conhecida como Capital Nacional dos Botecos, por conta da quantidade de bares por pessoas ser a maior do país.

A região do Belo Horizonte era habitada por índios, e foram quase todos extintos por conta dos bandeirantes, a partir do século XVII, provenientes de São Paulo que buscavam pedras preciosas e escravos. A capital de Minas Gerais era Ouro Preto, porém sua localização não era propícia para acompanhar o crescimento e desenvolvimento físicos urbano. Em sessão do Congresso Mineiro, em Barbacena no ano de 1893, foi apresentados as possíveis localidades da nova capital do estado, e foi decidido a partir disto que o arraial do Belo Horizonte seria a melhor região. Em 1897 a nova capital mineira foi inaugurada sobre o nome de Cidade de Minas, que só foi mudada para Belo Horizonte em 1901.

Existe uma pequena confusão em relação a área do município, números diferentes entre a Prefeitura, o Itamaraty e o IBGE, porém todos apresentam uma área um pouco maior que 330 km². A cidade tem, estimados, 2,48 habitantes, aproximadamente, vivendo no local, e a densidade demográfica da cidade é de 7,49 mil hab/km². O relevo da cidade é acidentado, o que é comprovado pela Serra do Curral que cerca a capital mineira, o clima da região é considerado tropical com estação seca.

Belo Horizonte é a quinta cidade mais rica do país, perdendo apenas para São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba. Sua economia é baseada no segundo e terceiro setores econômicos, a industria da cidade movimenta mais de 4% do capital, e as principais atividades econômicas, além da industrial, são a de prestação de serviço, atacado e varejo, e de construção civil. O turismo também tem importância econômica, uma vez que a cidade é um importante centro cultural e histórico da região sudeste.

A capital mineira tem 16 cidades-irmãs, que são cidade que estabeleceram laços de cooperação. Entre essas, estão na lista Granada, na Espanha, e Belém, na Palestina. Belo Horizonte também tem uma grande importância histórica, pela arquitetura de época e pelos museus da cidade. É também um centro cultura muito importante, grandes eventos culturais acontecem regularmente ou já aconteceram no município. Festival Internacional de Teatro, Palco e Rua, Encontro Internacional de Literaturas em Língua Portuguesa, Festival Creamfields Brasil e o Festival de Arte Negra são exemplos de eventos que acontecem na capital. Belo Horizonte também é como cidade boêmia por conta de seus vários bares.