Estados e Capitais do Brasil
 

Culinária do Rio Grande do Norte


1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (10 voto(s), média: 4,40 de 5)

Por ser um estado líder na produção de camarão, o Rio Grande do Norte a maioria de seus pratos mais famosos tem o crustáceo como ingrediente principal, como é o caso do bobó de camarão. Em relação os produtos da terra, a carne-de-sol, o queijo coalho e os sequilhos são os mais presentes na gastronomia potiguar.

Bobó de camarão

bobo-de-camarao

Esse prato tem uma consistência cremosa, sua base é de purê de aipim, camarões secos, gengibre e azeite de dendê. Misturado a essa massa vão camarões refogados em leite de coco e temperos verdes. Apesar de ser consumido em muitos estados do nordeste, pode ser considerado um prato típico importante do Rio Grande do Norte.


Carne-de-sol

carne-de-solÉ uma base da alimentação do Nordeste, insubstituível e indispensável. É um método de conservar peças de carne, salgando e secando em local coberto e bem ventilado. A mesma recebe os nomes de carne do Ceará, carne do sertão, carne seca e carne de vento, dependendo do estado nordestino e da região.


Cocada

cocadaUm doce de coco feito com açúcar branco ou escuro, consistente. A massa é cortada em forma de quadrinhos ou discos. A cocada é uma das gulodices mais antigas e difundidas no Brasil.


Cuscuz

cuscuzO cuscuz é feito da massa de milho pilada, temperada com sal, cozida ao vapor d’água e depois umedecida com leite de coco ou com manteiga. Atualmente é consumido em todo o Brasil e possui variações como o cuscuz de mandioca, arroz ou inhame.


Queijo de manteiga

Queijo de manteigaÉ uma tradição das famílias nas pequenas fazendas da região do Rio Grande do Norte e por todo o Nordeste. Os pedaços são cortados em forma de um retângulo, seu corpo é amarelado e oleoso, com uma textura macia, e tem um gosto ligeiramente salgado.