Estados e Capitais do Brasil
 
Goiás

Goiás


1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (15 voto(s), média: 4,27 de 5)

Goiás é um dos quatro estados que compõem a Região Centro-Oeste do Brasil. Faz fronteira com Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Bahia, Minas Gerais e Distrito Federal. Sua maior cidade é Goiânia, capital e única região metropolitana do estado. Com mais de seis milhões de habitantes, é o estado mais populoso da região e um dos dez mais ricos do Brasil.

Localiza-se entre depressões, vales e chapadas na região do Planalto Central brasileiro. O relevo é bastante variado, as maiores altitudes são localizadas ao norte, na Chapada dos Veadeiros, na Serra dos Cristais e na Serra dos Pireneus.

O clima é caracterizado como tropical semi-úmido, com duas estações definidas: verão úmido e inverno seco. Com exceção de algumas áreas do estado que apresentam a vegetação tropical e de alguns municípios ao sul, o Cerrado é predominante, apesar do desmatamento recorrente em boa parte do estado.

O aumento da agropecuária tem gerado grandes prejuízos ao Cerrado goiano. As matas ciliares estão sendo cada vez mais destruídas, assim como as reservas permanentes, graças à busca de espaço para a criação de gado e as plantações. O desmatamento descontrolado causa problemas para o relevo e vegetação da região. Junto às pastagens surgiram inúmeros focos de erosão, afetando até mesmo o abastecimento de água, situação que se agrava nos períodos de estiagem prolongada.

Goiás é o estado mais populoso do Centro-Oeste brasileiro. O crescimento demográfico aumentou após a fundação das cidades de Goiânia e Brasília. O estado é marcado pelo contraste de alta concentração populacional em alguns lugares e vazios demográficos em outros. A região metropolitana de Goiânia, a microrregião de Anápolis e o entorno do Distrito Federal são bons exemplos disso. Juntas, essas regiões têm a maior concentração populacional, com quase quatro milhões de habitantes.

A economia está dividida em agropecuária, comércio e indústria. O setor primário é a atividade mais explorada de Goiás, e o responsável pela rápida agro-industrialização que o estado vem sofrendo. Graças à abundância de água na maior parte do seu território, terras férteis, clima adequado e o grande uso da tecnologia na produção agro-pecuária, Goiás é um dos maiores exportadores de grãos do País e é detentor de um dos maiores rebanhos bovinos. O estado cresce timidamente no setor industrial. Possui um polo farmacêutico, farmacoquímico e grandes montadoras de automóveis estão instaladas no seu território.

O turismo é baseado nos atrativos naturais como águas termais, matas virgens, cachoeiras e grutas. Também há o turismo histórico, pois Pirenópolis e a Cidade de Goiás possuem bairros, monumentos históricos e festas tradicionais que atraem turistas de todos os lugares.

O estado de Goiás é responsável por promover constantes manifestações artísticas em conjunto, de forma a divulgar novos nomes do quadro regional. Três atividades principais fazem parte do calendário do estado: o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), a Mostra de Teatro Nacional de Porangatu e o Festival Canto da Primavera, em Pirenópolis. Todos promovem a cultura audiovisual, dramatúrgica e musical do estado.