Estados e Capitais do Brasil
 

Florianópolis


1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (3 voto(s), média: 3,67 de 5)
Loading...

Florianópolis, também conhecida como “Ilha da Magia”, é a capital do estado de Santa Catarina, na Região Sul do Brasil. Situa-se no litoral catarinense e conta com uma parte insular e outra parte continental, incorporada à região metropolitana em 1927, com a construção da ponte pênsil Hercílio Luz, principal “cartão-postal” da região. Grande parte da cidade, mais de 97%, está situada na Ilha de Santa Catarina.

A cidade é destaque por ser a capital brasileira com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), além de ser a quarta colocada no ranking nacional. Florianópolis é a segunda cidade mais populosa do estado, superada por Joinville. É uma das três capitais insulares do Brasil. Graças às belas praias de Jurerê, Canasvieiras, Ingleses e Armação, além da Lagoa da Conceição, cada vez mais a cidade se firma como principal centro de turismo da região. Entre os monumentos históricos, destacam-se a casa de Vitor Meireles, os fortes e a catedral metropolitana.

O plano da cidade originou-se a partir da Praça XV de Novembro, que se estende até a colina onde se eleva a catedral. A urbanização dos bairros e subúrbios, de certa forma, respeitou os limites do mar e das encostas dos morros, além de ter preservado muito do aspecto arquitetônico colonial. Ao entrar no século XX, a capital de Santa Catarina passou por profundas transformações, sendo que a construção civil foi um dos seus principais suportes econômicos.

Quanto ao relevo, a ilha de Santa Catarina possui uma forma alongada e estreita. Com um litoral bastante recortado, possui várias enseadas, pontas, ilhas, baías e lagoas. Separada por um canal, a ilha está situada de forma paralela ao continente. O ponto mais alto é o Morro do Ribeirão, com 532 metros de altitude. Varrida por ventos muito variáveis, responsáveis pela formação de dunas, Florianópolis possui um clima subtropical úmido caracterizado pela alternância de verões e invernos e uma farta distribuição anual de chuvas. O clima instável em conjunto com suas 42 praias, contribui para o intenso movimento turístico durante todo o verão. Da mata subtropical, vegetação que originalmente revestia a região, sobrou muito pouco, devido à pequena lavoura familiar de subsistência e culturas permanentes.

Floripa, como é chamada carinhosamente por seus habitantes e simpatizantes, tem sua economia alicerçada nas atividades do comércio, prestação de serviços, indústria e turismo. Dentre os atrativos turísticos salientam-se, além das belas praias, a riqueza folclórica e cultural da região.